A quase um ano após denúncia, ponte de vicinal do apiaú segue quebrada

Foto: Folha BV
De acordo com o Governo, a vicinal 13 está incluída no cronograma de recuperação de pontes
Fonte: Folha BV
Por: Folha web
Categoria: Extremo Norte TV

Moradores da vila Apiaú, no município de Mucajaí, procuraram a FolhaBV novamente para reclamar da ponte da vicinal 13 que está parcialmente quebrada, o que dificulta a passagem de veículos e causa perigo para os condutores.

Em julho de 2021, a situação já havia sido denunciada pela moradora Elinalva Muniz, que entrou em contato com autoridades governamentais, e disse que não teve resposta precisa sobre o problema. “A prefeitura diz que a responsabilidade é do Estado e o Governo diz que a responsabilidade é da Prefeitura. E ficou por isso mesmo”, relatou.

Em vídeo enviado para a reportagem, um morador afirma que foram colocadas tábuas por eles próprios, na tentativa de amenizar a situação, mas ainda assim tem que ter muito cuidado, pois o risco de ocorrer acidentes é grande.

Ele também diz que o governador liberou ônibus escolar para transportar os alunos, mas a ponte impossibilita a passagem de outros veículos além de motos.

Procurado, o secretário de obras de Mucajaí, Darci Santos, informou que esteve no local da ponte e que soube por moradores que o governo iria começar as obras.

Por outro lado, o Governo argumenta que conforme entendimento do Tribunal de Justiça de Roraima, a manutenção de vicinais e pontes é de responsabilidade da prefeitura municipal e não do governo estadual. No entanto, informou que equipes da Seinf estão na região do Apiaú, na vicinal 21 e Samaúma, trabalhando na reconstrução de pontes.

Informa ainda que a vicinal 13 está incluída no cronograma de recuperação de pontes. E ressaltou que as frequentes chuvas têm dificultado o andamento das obras.