“Agiotazinho safado”, diz Jalser sobre Denarium em plenário

Foto:
Por:
Categoria: Roraima

O deputado Jalser Renier (SD) discursou na tribuna da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) na manhã desta terça-feira (22). Na ocasião, ele atacou o governador Antonio Denarium (PP), a quem ele acusa de estar por trás da decisão de cassá-lo.

O parlamentar afirmou que Denarium é agiota e questionou o motivo pelo qual os outros deputados não defendem o chefe do Executivo.

“Eu quero que alguém defenda o governador aqui. Sabe porque ninguém defende? Porque ele é um agiotazinho safado”, disse.

Renier também relatou que Denarium obriga servidores a publicaram as ações do governo nas redes sociais.

“O povo vai tirar esse agiota no primeiro turno. Não vai ter nem dois turnos em Roraima. Esse agiota tá  iludido com fotos e vídeos que ele obriga os servidores públicos a fazer e a postarem as coisas do governo. Eu tenho informações de que até deputados ele obriga a colocar a foto dele no WhatsApp”, disse.

Acusações

O deputado faz acusações desde ontem (21) na ALE-RR. Após as oitivas da Subcomissão, ele agrediu o deputado Jorge Everton (sem partido). Dessa forma, Jalser o acusou de ter recebido dinheiro dele próprio.

Anteriormente, Renier afirmou que o marido da procuradora-geral do Ministério Público de Roraima (MP) é nomeado no governo. Conforme ele, por conta disso, o MP não investiga casos de “gafanhotagem” no Executivo Estadual.

Em seguida, foi apurada denúncia de Jalser. Na Transparência do governo consta que o esposo da procuradora, o arquiteto Rodrigo Ávila recebe R$ 20 mil de salário pela Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima).

Além disso, o arquiteto recebe ainda um auxílio alimentação no valor de R$ 580. Tanto o governo como a procuradora não se manifestaram sobre a denúncia.