Cerca de mais de uma Tonelada de paçoca será servida ao Público do Boa Vista Junino

Foto: FOLHA BV
A ideia é ultrapassar a edição 2019, quando foram servidos 1.050 kg ao público do Maior Arraial da Amazônia
Fonte: Folha BV
Por: folha web
Categoria: Extremo Norte TV

A “Maior Paçoca do Mundo” será servida a partir das 19h, do dia 18 de junho, marcando o encerramento do Boa Vista Junina. A iguaria tipicamente indígena, feita à base de carne seca e farinha de mandioca, entrou para a história desde 2015 e hoje é destaque nacional e internacional.

A ideia da Prefeitura de Boa Vista é ultrapassar a edição 2019 onde foram servidos 1.050 kg ao público. A distribuição este ano, será diferente das edições anteriores. Devido a pandemia, a população vai receber a paçoca numa embalagem lacrada, visando uma maior higiene e evitando o manuseio constante de quem vai servir.

“Sem dúvidas, a Maior Paçoca do Mundo é nossa marca e um dos momentos mais esperados pela população no Boa Vista Junina. Queremos encerrar a nossa festa em grande estilo e bater mais este recorde. Temos certeza de que, além do nosso arraial, a população está ansiosa para experimentar novamente essa iguaria tão especial”, disse o prefeito Arthur Henrique.

Casa de Farinha – Este local é especialmente preparado para abrigar a iguaria tipicamente regional. Estará localizado na Praça Fábio Paracat, onde o público poderá visitar este espaço, que simula um cenário de uma tradicional casa de farinha, comum nas comunidades indígenas e áreas rurais. Lá estará o enorme tacho com forno artificial simulando a torragem. Um local atrativo para fotos e registros.