Cobertura de quadra de escola recém-reformada cai durante chuva em Amajari

Foto: Reprodução
Seed disse que realizou ampla revitalização da escola e que acionou, imediatamente, equipes para o local, para fazer um relatório sobre a situação e providenciar os devidos reparos imediatos para que não haja prejuízo às aulas
Fonte: Folha BV
Por:
Categoria: Roraima

A cobertura da quadra poliesportiva da escola estadual indígena Santa Luzia, em Amajari, desabou nessa sexta-feira (15), após as chuvas e os fortes ventos ocorridos no Município, localizado a 164 quilômetros da capital Boa Vista.

No dia 4 deste mês, indígenas bloquearam a BR-174 em protesto por melhorias em escolas como a da comunidade Três Corações, que foi recém-reformada pelo Governo do Estado. A unidade atende mais de 400 estudantes dos ensinos Fundamental e Médio, e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Uma professora da escola, que pediu anonimato, disse que o teto da quadra caiu após “muitas denúncias” feitas à Secretaria Estadual de Educação (Seed). Ela disse que a obra foi de “fachada”.

“Dentro da escola também está cheio de descasos. Banheiros que passaram por uma reforma, não funcionam, fossa aberta, pia da cozinha que não funciona, iluminação péssima, dentre outras inúmeras situações”, criticou.

Em nota (leia a íntegra abaixo), a Seed informou que realizou ampla revitalização da escola e que acionou, imediatamente, a equipe da pasta, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e engenheiros da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) para o local, para fazer um relatório sobre a situação e providenciar os devidos reparos imediatos para que não haja prejuízo às aulas.

Nota completa da Seed

“O Governo de Roraima, por meio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto) esclarece que realizou uma ampla revitalização da Escola Estadual Indígena Santa Luzia, na Comunidade Indígena Três Corações, em Amajari, com troca de telhado, pintura, novos mobiliários, estrutura completa de cozinha, abastecimento de merenda escolar, entre outros, dando prosseguimento às ações de reconstrução da educação do Estado que se encontrava totalmente abandonada pelas gestões anteriores.

Destaca que a rede estadual de ensino conta com mais de 380 escolas, sendo 260 em comunidades indígenas e que o Governo vem mantendo atenção total e priorizando as necessidades da educação indígena.

O incidente relatado com o telhado da quadra de esportes da referida escola ocorreu na manhã desta sexta-feira, 15, após chuvas e ventos fortes na região.

De imediato, a Secretaria Estadual de Educação acionou a equipe da Divisão de Estrutura Física da Secretaria, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e engenheiros da Secretaria de Infraestrutura para o local, para fazer um relatório sobre a situação e providenciar os devidos reparos imediatos para que não haja prejuízo às aulas.

É importante destacar que essa escola foi inaugurada em 1977 e desde 2012 nunca havia passado por uma revitalização como a que foi feita pela atual gestão do Governo do Estado.”