Condutores de ambulância ameaçam paralisar caso não recebam salário

Foto: Reprodução
Sesau diz que pagamento será feito na Folha do mês de junho
Fonte: Folha BV
Por:
Categoria: Extremo Norte TV

Condutores de ambulância contratados no seletivo da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) ameaçam paralisar caso não recebam o salário, que está atrasado há 45 dias.

De acordo com presidente do Sindicato dos Condutores de Ambulância (SINDCONAM-RR), Robson Avelino de Carvalho, a classe não foi contemplada com a Folha suplementar, que começou a pagar algumas classes. “Semana passada a Sesau disse que iria realizar essa Folha suplementar e pagar quem não tinha recebido, porém, os motoristas de ambulância não foram contemplados”, afirmou Carvalho.

O presidente e o secretario de Administração e Finanças da SINDCONAM, Mário do Nascimento foram pela manhã protocolar um documento buscando respostas, e lhes foi informado que o salário pode sair no dia 23 deste mês, porém o calendário divulgado pelo Governo informa que o pagamento será efetuado dia 30.

“Se a categoria quiser fazer greve vamos fazer, pois trabalhar sem receber não tem condições. Todos têm família. Não queremos fazer, mas estamos sendo forçados”, enfatizou Carvalho.

Confira a nota da Sesau na íntegra:

A Coordenação Geral de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde da Secretaria de Saúde informa que o pagamento dos convocados a partir da segunda chamada será feito na folha do mês de junho de 2022, considerando ainda que existe um trâmite processual para realização da contratação dos profissionais e posterior pagamento.

Ressalta ainda que os dias trabalhados de abril e maio serão pagos em junho.

A Sesau salienta que vem prestando todos os esclarecimentos necessários sobre a questão, atendendo a todas as solicitações encaminhadas pelo sindicato que representa a categoria.