Cuidadores municipais mantêm greve pelo segundo dia em frente à Prefeitura

Foto: Reprodução
Categoria exige redução de 40h para 30h semanais e melhores condições de trabalho. Prefeitura de Boa Vista informou que redução depende da aprovação de um Projeto de Lei, que prevê a contratação de novos professores.
Fonte: Folha BV
Por:
Categoria: Extremo Norte TV

A greve dos cuidadores municipais de Boa Vista completa o segundo dia nesta quarta-feira (9), após a classe e a Prefeitura de Boa Vista não chegarem a um acordo para o fim do ato.

A reunião entre representantes do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Boa Vista (Sitram) e do Poder Executivo municipal foi realizada na tarde dessa terça (8).

Mesmo sob chuva, os profissionais seguem em frente ao Palácio 9 de Julho, sede da Prefeitura, para reivindicar a redução da carga horária de 40 para 30 horas semanais, e do aumento do quadro desses profissionais nas escolas do Município. O Sitram reforçou que os cuidadores são a única categoria que trabalha 40 horas na rede municipal.

Para representantes do sindicato, a ideia da redução da carga horária é garantir qualidade de vida para os profissionais.

Para a cuidadora Conceição Filha, os atuais 636 profissionais que trabalham na rede municipal de ensino são insuficientes para atender as cerca de 1.200 crianças que dependem de cuidado especial em sala de aula.

Entramos em contato com a Prefeitura de Boa Vista para comentar a continuidade da greve e aguarda retorno.