Delegado da PF afirma que senadores Telmário Mota e Messias de Jesus apioam “Banca do Crime” em Roraima

Foto:
Alexandre Saraiva afirma que "os Criminosos" tem boa parte dos políticos de Roraima no bolso
Por: Roraima em Tempo
Categoria: Extremo Norte TV

O delegado da Polícia Federal, Alexandre Saraiva, acusou os senadores da região Norte de apoiarem o desmatamento ilegal. O apoio, conforme ele, ocorre em troca de financiamento político. Saraiva fez as declarações em um programa de rede nacional nesta terça-feira (14).

 

Esses criminosos têm boa parte dos políticos da região Norte no bolso. Estou falando de governadores, senadores. Eu tenho aqui uma coleção de ofícios de senadores de diversos estados da Amazônia, que mandaram para o meu chefe, dizendo que eu estava ultrapassando os limites da lei. Que eu estava cometendo abuso de autoridade”.

 

Além disso, Saraiva afirmou que a dificuldade na questão da defesa ambiental na Amazônia acontece devido aos políticos. Segundo ele, os criminosos ambientais os financiam. Dessa forma, citou os senadores de Roraima Mecias de Jesus (Republicanos) e Telmário Mota (PROS).

 

O que pega é isso. A gente tem que ter noção, porque nunca foi fácil para a Amazônia. E por que não é fácil? Porque olha o ‘centrão’! Veja de onde saíram boa parte dos parlamentares do ‘centrão’. São financiados por esses grupos, com certeza absoluta. Vou dizer nomes: Zequinha Marinho […], Telmário Mota, Mecias de Jesus”, relatou.

 

Conforme o delegado, a forma como os políticos defendem o crime ambiental faz vê-los como ‘bandidos’.

 

Nós temos uma bancada do crime. Ou seja, na minha opinião, de marginais. De bandidos. Para mim são bandidos”, enfatizou.

 

Delegado relata ameaça

 

Saraiva disse ainda que tem caso de senador junto com madeireiro o ameaçando. Ele se refere ao vídeo que Telmário Mota gravou em setembro do ano passado.

 

Conforme o delegado, o senador registrou as imagens em uma reunião com madeireiros para reclamar de uma apreensão recorde de madeira ilegal de Roraima no porto de Manaus, em 2019.

 

Na gravação, Telmário diz frases como “você vai pagar!”, bem como “eu vou pra cima de você!”.

“Bancada de Satanás”

 

Em janeiro desse ano, Alexandre Saraiva, criticou os senadores de Roraima Mecias de Jesus (Republicanos) e Telmário Mota (PROS) nas redes sociais.

 

O comentário ocorreu logo após ele saber da pré-candidatura do ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales ao Senado. Sales anunciou que iria concorrer a uma vaga pelo Estado de Rondônia.

 

Na publicação o delegado diz: “Eu avisei que 2022 não ia ser um ano fácil para Amazônia. Como se não bastassem os Senadores Telmario Mota, Mecias de Jesus (RR), Zequinha Marinho do (PA), Jorginho Mello de (SC) etc, agora a bancada de satanás pode ganhar um importante reforço”.