Genilson Costa, presidente da Câmara de BV desmente sua própria fala, após vídeo afirmando que sofre interferências do governador Antônio Denarium

Foto: Reprodução
Após a imprensa divulgar sua fala, o Presidente voltou atrás, negando mesmo com provas a sua fala e divulgou uma nota nas suas redes sociais
Por:
Categoria: Roraima

Após vídeo afirmando que sofre interferências do governador Antônio Denarium, Genilson Costa declarou que apesar de ser da base aliada, não sofre interferência do Executivo Estadual na Câmara, mesmo com o vídeo afirmando sua fala.

Veja o vídeo:

 

“Vamos ter mais embates e deixo claro aqui. Já adianto o que pode acontecer no futuro. Politicamente sou governador Denarium. Mas não adianta o governador me ligar para eu prejudicar uma categoria porque o projeto é do Executivo, que eu não vou atende-lo”, disse.

Genilson disse ainda que o pedido prejudica a categoria e que sua fala era um ‘desabafo’.

“Vocês não sabem o que acontece dentro do parlamento. E não posso falar aqui até por questão de ética. Mas a gente chega o momento que a gente tem que desabafar”.

Interferência

Em março, foi denunciado pela reportagem a interferência do governador na Câmara de Boa Vista. O chefe do Executivo Estadual convocou três vereadores aliados para enviarem um pedido a Genilson. 

A solicitação era para que o presidente da Câmara retirasse de pauta os projetos enviados pelo prefeito Arthur Henrique (MDB). Inclusive o que beneficiaria a Educação municipal. Um deles permitia que os cuidadores passassem a cumprir 30 horas semanais ao invés das 40 horas atuais.

A solicitação de Denarium foi prontamente atendida. No dia 16 Genilson Costa não abriu a sessão sob a alegação de que o painel da Casa havia apresentado problemas técnicos. Assim, não tinha como realizar as votações. Dessa forma, essa já era a terceira vez que os projetos não entravam em votação.

Depois de perceber que entregou Denarium no calor da emoção, o vereador publicou nota nas redes sociais acusando a imprensa de ter divulgado fake News, mesmo Genilson tendo afirmado com todas as letras que não adiantava o governador ligar para ele para pedir que segurasse projetos.

Nota:

“É fake news essa notícia. Deixei claro em meu discurso que jamais tive qualquer interferência do governo sobre projetos da prefeitura e se tivesse não aceitaria. Meu acordo é com o povo. Ninguém sabe o que acontece dentro do parlamento e o que fiz no discurso foi um desabafo, mas estou com a consciência limpa”, afirmou o presidente da Câmara.

 

Esse é o nível de Denarium e de Genilson. Quanto tempo os cuidadores ficaram em greve porque Denarium pediu e Genilson não colocou para votação os projetos do prefeito Arthur que garantiriam as 30 horas e a realização de novos concursos para Educação?