Idoso é preso por oferecer dinheiro para crianças em troca de sexo no Asa Branca

Foto: Folha BV
Caso vinha ocorrendo há cerca de 3 meses
Fonte: Folha BV
Por: Folha web
Categoria: Roraima

O idoso V.L.S., de 64 anos, foi preso suspeito de oferecer dinheiro em troca de sexo para duas crianças, no bairro Asa Branca, na noite desse domingo, 15. Uma das vítimas tem 10 anos de idade. De acordo com a mãe de uma das crianças, o caso vinha ocorrendo há cerca de 3 meses.

De acordo com informações da Polícia Militar (PMRR), a equipe foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciops) para atender uma ocorrência de aliciamento de menores. Ao chegar à residência do suspeito, ele negou o crime, porém ao conversar com alguns moradores da rua, eles informaram que o idoso praticava o aliciamento com as duas vítimas e que era de conhecimento de todos.

Ao se deslocar a casa de umas das vítimas, o pai informou que ela tinha ido para um sítio com a avó e que ela não estava no local. Ao ir à residência da segunda criança, os policiais conversaram com a menina, que relatou a equipe, que o idoso oferecia R$ 10, R$ 20, R$ 50, para tocar em suas partes íntimas. Ela disse, ainda, que isso aconteceu por várias vezes e que não aceitava e corria. A menina relatou que o idoso oferecia dinheiro para a outra vítima e que ela aceitava. A mãe da criança disse aos policiais, que desconfiava que o fato estivesse acontecendo.

Diante dos fatos, V.L.S., a criança, e a mãe da vítima foram encaminhados à Central de Flagrantes. Na delegacia, a menina confirmou que o idoso oferecia dinheiro para tocar em suas partes íntimas e que ele mostrou o seu órgão genital para ela e para a outra menina. Ele já teria pedido para ela tirar a roupa.

A menina relatou também que na última terça-feira, 10, ela teria ido até a casa de V.L.S. e ao utilizar o banheiro, ele teria ido até o cômodo e pedido para ela tirar a roupa. Aos policiais, ela disse que nunca deixou que ele a visse sem roupa.

A mãe da menina, disse que conhece o suspeito há 22 anos e que percebeu que a criança chegava com dinheiro e ao questioná-la ela não sabia dizer de onde teria recebido.

O suspeito disse à polícia que era garimpeiro e que nesta segunda-feira, 16, iria voltar para o garimpo. Inclusive, já estava com as malas prontas.

O caso ficou a cargo da Polícia Civil para as providências legais e cabíveis.