Israel critica ministro russo por falar sobre “origem judaica” de Hitler

Foto: Metrópoles
Em entrevista a uma TV italiana, Sergei Lavrov disse achar que Hitler tinha origens judaica, assim como Volodymyr Zelensky
Por: Leonardo Meireles
Categoria: Nacional

Em uma entrevista de Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia, ele sugeriu que o líder nazista Adolf Hitler tinha “sangue judeu”, como o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky. A declaração fez com que Israel se pronunciasse e classificasse as palavras de Lavrov como “antissemitas e perigosas”.

“É uma declaração imperdoável e escandalosa, um terrível erro histórico, e esperamos um pedido de desculpas”, disse o ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, ao site de notícias YNet.

Segundo Lapid, o embaixador russo em Israel será convocado para “uma conversa dura” sobre a entrevista de Lavrov.

A entrevista do ministro russo aconteceu no domingo (1º/5), quando Lavrov reiterou que o objetivo da Rússia com a invasão da Ucrânia é “desnazificar” o país. “Ele [Zelensky] apresenta um argumento: que tipo de nazismo eles podem ter se ele é judeu? Posso estar errado, mas Hitler também tinha sangue judeu. Não significa absolutamente nada”, argumentou.  ”O povo judeu sábio diz que os antissemitas mais fervorosos geralmente são judeus”, continuou Lavrov.