Moradores do Sul de Roraima denunciam precariedade da BR-210

Foto: Reprodução
Conforme morador, veículos que transportam produtos da agricultura precisam ser rebocados
Por:
Categoria: Extremo Norte TV

Os moradores do Sul de Roraima enfrentam dificuldades para trafegar na BR-210. Vídeos enviados à redação mostram veículos de carga sendo rebocados por tratores devido as condições precárias da via.

Conforme um morador de Caroebe que se identificou como José, e que enviou as filmagens, o interior do estado está abandonado. Segundo ele, o trecho de São Luiz a Entre Rios piorou com o período de chuvas. “Muitos produtores precisam ser rebocados por trator para escoar a produção”, relatou.

Do mesmo modo, outro denunciante também expôs a situação. De acordo com ele, nos poucos trechos com asfalto da BR-210 de São João da Baliza até Entre Rios, os buracos “tomam conta” em quase todo o percurso.

“De Caroebe a Entre Rios são 45km sem asfalto, com muitos atoleiros, crateras que cabem um carro pequeno inteiro dentro. Muitos trechos perigosos para atolar. Os caminhões com produtos da agricultura precisam ser puxados por trator durante o inverno”, disse.

Fotos enviadas à reportagem mostram trechos asfaltados com diversos buracos e outros cobertos de lama que dificultam a passagem de veículos. Dessa forma, em uma das imagens, uma van aparece atolada.

Trechos da BR-210 – Fotos: Divulgação

Citado

Procurado, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que a empresa contratada já foi acionada para atuar no trecho, conforme determinações técnicas previstas no contrato. Disse ainda que o não cumprimento das cláusulas contratuais enseja sanções.