Polícia investiga jovem de Roraima que comemorou 18 anos com suástica nazista em bolo

Foto: Reprodução
Estudante do curso de Direito compartilhou fotos da comemoração nas redes sociais. Com a repercussão, estudante pediu desculpas pelo comportamento e disse que ele e os amigos nunca tiveram "a intenção de serem maldosos". O uso de símbolos nazistas é crime previsto em lei no Brasil e tem pena de dois a cinco anos de reclusão.
Fonte: G1
Por:
Categoria: Extremo Norte TV

A Polícia Civil investiga o caso de um jovem que comemorou o aniversário de 18 anos com um bolo decorado com a bandeira nazista e uma suástica, em Boa Vista. O uso de símbolos nazistas é crime no Brasil e tem pena de reclusão de dois a cinco anos e multa.

Ele passou a ser investigado após as fotos do aniversário serem compartilhadas nas redes sociais e um outro jovem, de 22 anos, registrado um boletim de ocorrência contra ele. O BO foi feito nessa terça-feira (21) no 3º Distrito Policial.

O jovem, que é estudante de direito de uma universidade particular, publicou fotos do bolo nas redes sociais. Nas imagens, ele está acompanhado de outras seis pessoas e carrega o bolo com o símbolo nazista.

Em nota, ele pediu desculpas por ele e pelos amigos e afirmou não ter tido intenção maldosa (leia a íntegra abaixo). “Primeiramente, quero pedir sinceras desculpas pelo meu comportamento e de meus amigos acerca do episódio do meu aniversário. Reforço que em nenhum instante tivemos a intenção de sermos maldosos e nos arrependemos muito por ter nos deixado levar pelo momento”, afirmou.

Em algumas publicações, as felicitações ao estudante foram acompanhadas de frases que faziam comparações a Adolf Hitler. Em uma delas, uma pessoa diz que o jovem “não é Hitler mas merece conquistar o mundo”

Jovens durante comemoração de aniversário com bolo com símbolos nazistas.  — Foto: Arquivo pessoal

Jovens durante comemoração de aniversário com bolo com símbolos nazistas. — Foto: Arquivo pessoal

A apologia do nazismo usando símbolos nazistas, distribuindo emblemas ou fazendo propaganda desse regime é crime previsto em lei no Brasil, com pena de reclusão.

Além disso, na nota, o jovem relatou que é praticante do Budismo, que tem como um de seus símbolos a Cruz Gamada e que é semelhante à suástica.

“Por esta razão, o tema foi utilizado de forma errônea. Na emoção do momento da surpresa para mim, não tive reação para pensar o quão grave era esta atitude e por isso, mais uma vez, pedimos desculpas pela atitude de mau gosto”, ressaltou ele.