Presidente da AMR alerta para danos das chuvas no interior de Roraima

Foto: Folha BV
Segundo Jones Chagas, cinco municípios já decretaram estado de calamidade e situação de emergência
Fonte: Folha BV
Por: Folha web
Categoria: Extremo Norte TV

O presidente da Associação dos Municípios de Roraima (AMR), Joner Chagas, alertou para os danos causados pelas chuvas no interior do Estado.

“Estamos perdendo lavouras, estradas foram rompidas, precisamos urgentemente de ajuda do Governo do Estado e do Governo Federal”, diz Chagas, que é prefeito de Bonfim.

Bonfim, Pacaraima, Iracema, Rorainópolis e São João da Baliza, segundo ele, são os municípios que já decretaram estado de calamidade e situação de emergência devido às fortes chuvas e alagamentos.

Caroebe, Normandia e Cantá também devem decretar calamidade nos próximos dias. Os demais municípios do interior estão avaliando que medidas vão adotar. “O inverno começou agora e já temos muitas pessoas passando dificuldades, desalojadas e desabrigadas. Precisamos de medidas urgentes”, pediu.

O que diz o Governo

O Governo de Roraima informou que vem atuando diretamente nas ações de resposta e apoio aos municípios e à população frente as fortes chuvas e cheias dos rios e igarapés que atingem o Estado no período chuvoso deste ano.

O Poder Executivo citou que neste momento trabalha com equipes fixas no Cantá, com a distribuição de cestas emergenciais nas comunidades isoladas. “Até agora foram entregues 475 cestas básicas para as famílias da região do Taboca, Olaria, Pau Brasil, Pau Rainha e Tatajuba.”

O Governo também informou que as cestas básicas foram entregues nas vicinais 19 e Rio Branco. “As entregas de cestas básicas emergenciais da Operação Inverno irão continuar nos próximos dias, seguindo planejamento da Defesa Civil de Roraima formulado de acordo com as demandas das prefeituras municipais”, disse em nota.

Ademais, ressaltou que o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima mantém equipe 24 horas na região do Passarão, na zona rural de Boa Vista. Por lá, a guarnição faz a baldeação no local devido à cheia do rio Uraricoera, que impossibilitou a operação de atracamento da balsa Trombetas. As travessias são realizadas até às 18h e, após, o serviço funciona em situações de emergência.

O Governo também disse que, nesta semana, equipes da Defesa Civil de Roraima realizaram vistorias em diversos municípios do Estado. Uma guarnição realizou vistoria após o rompimento da cabeceira de uma ponte no município de Iracema e que, depois, a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) foram acionados e realizaram a manutenção do local.

Nos dias 28 e 29 de maio, duas guarnições da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros, em Rorainópolis, retiraram famílias ilhadas de locais alagados.

“Além das equipes empregadas diretamente, o Governo de Roraima informa que mantém equipes do Corpo de Bombeiros Militar e da Defesa Civil Estadual de prontidão e sobreaviso para atuação emergencial. Qualquer emergência, a população pode entrar em contato com o 193 do CBMRR ou 199 da Defesa Civil de Roraima”, informou, ressaltando que após a triagem, o atendente vai destinar equipe para prestar todo o apoio necessário.