Roraima tem diversas localidades alagadas após fortes chuvas

Foto: Folha BV
Em caso de emergência, população pode ligar para o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil
Fonte: Folha BV
Por: Folha web
Categoria: Extremo Norte TV

Moradores compartilharam nas redes sociais centenas de fotos e vídeos que mostram alagamentos provocados pelas chuvas na manhã desta quarta-feira (18), em Roraima

Na capital Boa Vista, no bairro Senador Hélio Campos, a água invadiu os quintais das casas da rua Benjamin Pereira Melo, isolando os moradores. Situação semelhante na HC-15, onde os moradores ficaram isolados e sem poder trafegar.

“Aqui tem criança que estuda, que tem que passar por essa rua. Tem mãezinha que tem criança pequena e precisa levar criancinha pra consulta e passar por essa rua. Situação mesmo sem condições de tráfego”, relatou um morador da HC-15.

A reportagem  procurou a Prefeitura de Boa Vista e a Defesa Civil de Boa Vista sobre o assunto e aguarda retorno.

Houve vários alagamentos pelo interior, como no Município de Cantá, Norte do Estado, em trecho da vicinal 9.

No Sul de Roraima, o cruzamento da rua Antônia Patrício do Nascimento com a Avenida São Cristóvão, em São João da Baliza, ficou alagado.

Em Caroebe, o trecho BR-210, conhecida como Perimetral Norte, rompeu. Em Rorainópolis, um trecho da avenida Airton Senna, uma das principais da cidade, ficou inundado após o transbordamento do igarapé Chico Reis.

O diretor executivo de Proteção e Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima, coronel Cleudiomar Alves Ferreira, ressaltou preocupação com possíveis transbordamentos de rios, como Cachorro, Barauana e Barauaninha, sobre a rodovia BR-432, além do rio Itã sobre trecho da estrada de acesso à vila Novo Paraíso, em Caracaraí.

Ferreira ressaltou a previsão de chuvas acima do esperado para este período de precipitação, em função da influência do fenômeno La Niña, provocado pelo resfriamento das águas do Oceano Pacífico. Conforme monitoramento da Defesa Civil estadual, por volta de 8h, chovia de 8 a 25 milímetros por hora na região em torno da capital Boa Vista.

Em caso de emergência, a população pode ligar para os números 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 (Defesa Civil).