SAÚDE – Conselho Municipal promove 1ª Conferência de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde de Boa Vista

O Conselho Municipal de Saúde, com apoio da Prefeitura de Boa Vista e da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), deu início nesta quinta-feira, 20, à programação da 1ª Conferência de Gestão do Trabalhado e Educação em Saúde (1ª CMGTES) de Boa Vista. O evento segue nesta sexta-feira, 21, das 8h às 18h, no Teatro Municipal.

Com o tema “Democracia, Trabalho e Educação na Saúde para o Desenvolvimento – Gente que faz o SUS acontecer”, a 1ª CMGTES é voltada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), gestores e trabalhadores. Visa promover discussões em torno das políticas públicas voltadas à valorização dos profissionais, implementação de ações de equidade e expansão do acesso da população aos serviços de saúde.

Presidente do Conselho, Ricardo Matos, com o usuário do SUS, Nelson Gomes, na 1ª CMGTES

O presidente do Conselho, Ricardo Matos, destacou que a troca de informações entre as pessoas que utilizam o serviço, gestores e trabalhadores é crucial neste momento. “Essa é a hora da troca de conhecimento, de serviços, de ações e de convivência entre esses atores. É a partir daqui que qualificamos o trabalho de quem está na linha de frente e também o atendimento de quem recebe os serviços”, disse.

Debate como ferramenta de mudança

Quem não abriu mão dos seus direitos e fez questão de participar foi Ester Rodrigues, presidente da Associação de Moradores do bairro Cruviana. Para ela, trabalho e saúde não são obrigações apenas da gestão e dos servidores, mas também da população que utiliza o serviço.

“Se os usuários tiverem a consciência de que eles têm a obrigação de participar, a nossa vida vai melhorar muito”, usuária do SUS, Ester Rodrigues 

“Se os usuários tiverem a consciência de que eles têm a obrigação de participar, a nossa vida vai melhorar e muito. Eu defendo o SUS porque nós dependemos dele e precisamos criar todos os dias, em cada nova oportunidade, uma busca, uma proposta melhor nas salas de debate para trazer uma melhoria para os usuários”, relatou.

A representante do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Combate às Endemias, Taís Santos, destacou que a presença dos profissionais é importante tanto para a discussão das melhorias no ambiente de trabalho, como para a própria educação dos agentes.

A agente de Saúde, Taís Santos, reforçou que a participação dos profissionais da linha de frente é crucial para os avanços da categoria e do serviço prestado

“Saúde e educação são termos que a gente precisa estar constantemente trabalhando e avaliando para avançar, dentro e fora do trabalho. Então, hoje a gente sai um pouco do trabalho de campo e vem discutir junto com a gestão, e com os usuários, propostas para que a gente possa avançar a nível estadual e federal também”, contou.

Momento histórico

Na avaliação do secretário de Saúde, Renato Maciel, a iniciativa do Conselho em promover a conferência representa uma mudança na perspectiva da própria entidade. “Para nós, que víamos o Conselho somente como fiscalizador, passamos a ver que ele também pode ter ações que ajudem as atividades da Saúde, já que o município ganha com a qualidade do serviço prestado pela SMSA”, falou.

Usuários, gestores e profissionais da Saúde estarão reunidos até esta sexta-feira, 21, com o intuito de fortalecer, ainda mais, o SUS

Os resultados dos debates e trocas devem ser apresentados na edição nacional da conferência, prevista para dezembro, conforme citou o adjunto de Saúde, Rodrigo Matoso, que fez a palestra de abertura do evento.

“É um momento histórico! A última conferência nacional ocorreu em 2006. E hoje estamos aqui, tratando uma etapa municipal inédita, por meio do controle social do SUS, para ouvir e levar os anseios da comunidade, da gestão e dos profissionais de saúde da nossa cidade”, disse.

Fonte notícia/imagen Prefeitura Municipal de Boa Vista – Leia a notícia completa.

Leia mais