Sem assistência do poder público, moradores realizam mutirão para consertar pontes e estradas no Sul de RR

Foto: Reprodução
Voluntários taparam buracos de uma das vias com pedaços de pedra para facilitar a passagem de veículos
Por:
Categoria: Extremo Norte TV

Moradores de Caroebe, na região Sul de Roraima, realizaram um mutirão para consertar pontes e estradas nesse fim de semana. Imagens e vídeos enviados à redação nesta segunda-feira (30) mostram situação precária da região.

Uma das imagens mostra os voluntários tapando buracos de uma das vias com pedaços de pedra para facilitar a passagem de veículos. Além disso, eles também consertaram uma ponte.

Os homens até montaram uma barraca que serve como ponto de apoio para os trabalhadores. Lá, eles preparam os alimentos e realizam as refeições.

Foto: Divulgação

Denúncias de pontes e estradas precárias

A reportagem já recebeu diversas denúncias sobre a situação de pontes e estradas no interior do estado.

Em abril, por exemplo, moradores de Caracaraí reconstruíram uma ponte da vicinal 04, da Vila Apuruí, por conta própria. A população estava ilhada devido à chuva que alagou as estradas.

Moradores
Precariedade foi denunciada pelos moradores/Foto: Reprodução

Semelhantemente, uma situação mais recente ocorreu no último dia 16. Os moradores de Caracaraí realizaram um mutirão para construir uma ponte na vicinal 22, em Novo Paraíso.

Moradores construindo ponte na vicinal 22
Moradores construindo ponte na vicinal 22 – Foto: Arquivo pessoal

Eles afirmam que cansaram de esperar, pois o local sempre apresentava problemas e ficou intrafegável com o período chuvoso.

Conforme um dos moradores, que preferiu não ser identificado, a vicinal está há mais de 15 anos sem uma manutenção que atenda as necessidades dela.

Ainda de acordo com o homem, a travessia da acesso a outra vicinal. Ele contou ainda que muitas pessoas usam a vicinal para escoar gados, ir ao Instituto Federal de Roraima (IFRR) e que também é rota do transporte escolar.

Em Rorainópolis, uma moradora da vicinal 43 denunciou à reportagem, em março, sobre a situação precária das estradas da região.

Conforme a denunciante, todas essas ramificações sendo elas 41, 42, 43 e 44 estavam com problemas. Além disso, haviam pontes de madeira caídas nas vicinais. Ela explicou que no período chuvoso a população só conseguia acessar a vicinal 42 com canoa.

Citados

Procurada, a Secretaria do Estado de Infraestrutura (Seinf) informou que a vicinal 11 foi atendida pelo cronograma de recuperação de estradas do Governo de Roraima.

No entanto, há um trecho nessa vicinal que precisa fazer a implantação, ou seja, não há estrada e será feita criação. Nesse caso, o processo de implantação está em fase de projeto.

Disse ainda que vicinais 12 e 13 estão no cronograma de recuperação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em parceria com a prefeitura do município.

A redação também procurou o prefeito de Caroebe, Osmar Filho, mas ele não atendeu às ligações.