Vencedor de Nobel da Paz, é atacado com tinta na Rússia

Foto: Metrópoles
Dmitry Muratov, vencedor do Nobel da Paz de 2021, se deslocava entre as cidades de Moscou e Samara quando foi atacado em um trem
Por: Otávio Augusto
Categoria: Internacional

O editor-chefe do jornal independente russo Novaya Gazeta, Dmitry Muratov, vencedor do Nobel da Paz de 2021, foi atacado com tinta e acetona dentro de um trem.

O jornal divulgou a informação nesta nesta quinta-feira (7/4). Muratov se deslocava entre as cidades de Moscou e Samara, cidade distante mil quilômetros a leste da capital russa.

Muratov contou que um desconhecido derramou a tinta e a acetona na cabine de trem onde ele estava e gritou: “Muratov, um brinde por nossos meninos”, segundo o jornalista.

Jornal censurado

No mês passado, o jornal independente Novaya Gazeta suspendeu a circulação até o fim da guerra na Ucrânia. Antes, a publicação sofreu dois alertas do governo russo.

“Recebemos outro aviso do Roskomnadzor. Depois disso, estamos suspendendo a publicação no site, em formato digital e impresso, até o fim da ‘operação especial no território da Ucrânia’”, disse o conselho editorial do Novaya Gazeta à época.